27 de set de 2016

QUEBRA-CABEÇA

Paul Klee



Nesse
estranho
momento

Aqui
estou
em
motim

Acordo
profundo

Mas,
aonde
foi
parar
o mundo?


7 de set de 2016

MAIS ALÉM

foto arte: Márcio Jorge














Acima das montanhas primitivas
Para além das nuvens
E dos corpos celestes
Paira a leveza do ser etéreo.

Longe das regiões insípidas 
Das mágoas confinadas
No canto de solidão
Resta a energia das águas cristalinas.

Através das matas luminosas
Entre corredores de insetos invisíveis
O espírito da eternidade se eleva
No encontro sagrado das aldeias.

Muito acima das oliveiras
Dos picos nevados de terras distantes
O voo preciso da ave imaginária
Ascende à pureza das constelações.