10 de ago de 2019

MAR À VISTA

Renoir
                                       












 



A voz do mar é onda
Que engole o silêncio
E se desmonta      

O braço do mar é água                
Que lambe a pele                      
E se evapora

Dentro do mar
Um ponto invisível
É o que se pode ser

Fora do mar
Um corpo escondido
Prestes a nascer.         

 

9 de ago de 2019

NADA MAIS

Rosa Tavárez


Movimento

Indecifrável
Esquálido
Preso
Indefeso
Impossível
Parado

Dissolve-se!


25 de mar de 2019

A TRAJETÓRIA DO NADA EM SI

Wifredo Lam































A nuvem passa
O risco
No céu permanece

O vento passa
As folhas
No chão se acomodam

O tempo passa
E daí?    



19 de mar de 2019

ESCUDO

Francis Picabia





















Tudo em minha volta
Anda em frangalhos
O mundo inclusive
Tantos nadas
Em tantos tudos
Que se fazem aparecer
Nada se sabe
Quando tudo
Se deseja conter

Tudo em minha volta
É incêndios
Assim como um dia
De vasta escuridão                      
Abomináveis notícias                  
Em todos os jornais
Fumaça de canos fumegantes
Decorando os ares
De tantos quintais

Para o ódio tsunami
Prometo meu olhar sereno
E doses homeopáticas de amor

Para a ânsia turbilhão
Prometo meu silêncio
E um breve adeus.